Prêmio internacional pela defesa da MATA ATLÂNTICA-Cerimônia-Coréia do Sul

Matéria publicada nos jornais A Noticia e Diário Catarinense (os dois maiores jornais de Santa Catarina) Meio Ambiente | 18/09/2012 | 17h36min
http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/noticia/2012/09/instituto-ra-bugio-recebe-premio-internacional-na-coreia-do-sul-3889662.html
Instituto Rã-Bugio recebe prêmio internacional na Coreia do Sul
Prêmio internacional “Luc Hoffmann” foi criado pela União Internacional para Conservação da Natureza de dos Recursos Naturais
O Instituto Rã-Bugio para Conservação da Biodiversidade recebeu no dia 11 o prêmio internacional “Luc Hoffmann”, criado pela União Internacional para a Conservação da Natureza de dos Recursos Naturais (IUCN) A entrega ocorreu na ilha de Jeju, na Coreia do Sul, onde também ocorreu o World Conservation Congress.
Os fundadores do Rã-Bugio, Elza e Germano Woehl Junior, foram pessoalmente receber a honraria e conheceram o paraíso turístico da Ásia. Germano recebeu o prêmio das mãos de André Hoffmann, filho de Luc Hoffmann. Depois fez um discurso em inglês sobre a destruição da mata atlântica, como começaram a trabalhar contra o desmatamento e explanou sobre a situação atual da devastação.
— A natureza é muito frágil. Ela precisa desesperadamente de nossa ajuda para ser protegida. Estamos tentando fazer a nossa parte para garantir pelo menos um pouco da Mata Atlântica. Acreditamos que ainda há tempo para salvar muitas espécies — disse Germano no trecho final do discurso.
Essa foi a primeira vez que o Instituto recebeu um prêmio internacional e a escolha da entidade catarinense foi feita por um comitê internacional formado por cientistas especializados em preservação ambiental.
A escolha da ONG foi em decorrência do trabalho de educação ambiental realizado em Santa Catarina e que já atendeu 50 mil crianças e 2,5 mil professores. O trabalho feito pelo Rã-Bugio foi conhecido pela IUCN por meio de uma parceria entre a ONG catarinense e o órgão internacional.
A IUCN foi parceira na compra de 212 hectares para a Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), Odir

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s