AMBIENTE DO MCMVida TEM QUALIDADE?

CHEGA HOJE A 1 MILHÃO O NÚMERO DE CASAS ENTREGUES PELO PMCMV

O governo entrega hoje novas moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) construídas em municípios de Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.

Com estas unidades chega a um milhão o número de casas entregue pelo programa. A cerimônia nos estados será transmitida (pela EBC) em tempo real para o Palácio do Planalto, às 11h, e será acompanhada pela presidenta Dilma Rousseff e pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e do Planejamento, Miriam Belchior.

COMENTÁRIO DE AUGUSTO QUEIROZ:

“Chega hoje a UM MILHÃO as casas do Minha Casa, Minha DÍVIDA!!!!
O número é louvável, pena que em termos de sustentabilidade esse programa não avançou muito!!

Geralmente os conjuntos não tem sequer uma árvore (pelo contrário, desmatam tudo!!), não aproveitam água da chuva, não utilizam placas para aquecimento solar, o solo é impermeabilizado, área verde nem pensar, etc etc…

Os empresários fazem a festa, mas a qualidade ambiental do que é entregue deixa muito a desejar…. LAMENTÁVEL….”

Anúncios

Uma resposta para “AMBIENTE DO MCMVida TEM QUALIDADE?

  1. Ramón Abeyá

    Tive a oportunidade de trabalhar quando estagiário no antigo BNH, lá percebi que esse tipo de intervenção beneficia em especial empresas ligadas a áreas de crédito bancário, especulação imobiliária (pois ao localizar os conjuntos bem longe, todo o trecho desocupado até o centro urbano se beneficia de obras de infraestrutura) e construtoras. No final das contas o imóvel não sai barato e o cidadão adquire um dívida que sabe que dificilmente poderá pagar, consequencia disto é o repasse de quase 70% destes imóveis antes dos 3 primeiros anos, para um cidadão de nível de renda superior.
    A construção por mutirão, o uso de materiais e técnicas regionais e tradicionais são desprezados. O uso do espaço residencial para atividades geradoras de renda também não é pensado. Infraestrutura como transporte, escolas, hospitais, saneamento, lazer e cultura geralmente são extremamente precários, quando não inexistentes.
    Concluindo, o programa tem um bom propósito, mas podia ser bem melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s