TURISMO NO RIO

Há algo de podre no reino da Dinamarca e também há algo de muito ruim no federalismo do Brasil, ou pelo menos na forma como ele é praticado. A maior parte dos recursos financeiros arrecadados no Estado Brasileiro fica com a União e é ela que faz, no final das contas, a distribuição dos valores entre os entes federados.

Há muitos parlamentares no Congresso Nacional que foram eleitos pelo Rio de Janeiro, mas as regras constitucionais que estabelecem mínimo e máximo de deputados por Estado, distorcem a nossa representatividade. Um eleitor do Piauí vale por quase três do Rio de Janeiro.

Porque não temos a mesma atenção do Governo Federal que tem outras regiões do Brasil?

Além disso, o Rio tem votado maciçamente nos últimos Presidentes da República!

Em tempos de Grandes Eventos como Olimpíadas e Copa do Mundo, porque não há investimentos em sinalização de pontos turísticos? Em uma cidade do interior do Rio se quisermos conhecer uma cachoeira qualquer, vamos ter que nos virar pedindo informação, desde ao frentista do posto até ao jornaleiro.

Porque é tão perigoso fazer uma caminhada no Parque Lage e na Floresta da Tijuca? Porque é um filme de terror caminhar no Aterro do Flamengo após as vinte horas?

Alguma coisa está errada, o Estado do Rio de Janeiro pode ser o maior centro turístico do Brasil, temos um grande potencial em todos os Municípios e hoje a única cidade que faz dobradinha com o Rio é Buzios, quando temos praias e lagoas fantásticas por todo o litoral, como Angra, Macaé e lagoa de Araruama; trilhas, rios e cadeias de montanhas lindas como as de Resende, Visconde de Mauá, Vassouras e Miguel Pereira e parques maravilhosos.

O Governo Federal tem a obrigação moral de investir mais em nosso Estado e transformar o que é potencial em realidade.

Vamos acordar?

Fábio Scliar

Professor Universitário

Mestre em Direito Público

Delegado Federal

fabioscliar@hotmail.com

Anúncios

Uma resposta para “TURISMO NO RIO

  1. Carlos Alberto da Silva Cucco

    Não interessa aos governantes pois teriam de investir muito em educação para que houvessem guias suficientes, só que esse tipo de investimento não aparece nas próximas eleições pois é investimento de longo prazo e tudo que é feito é para manter o poder atual e suas velhas raposas.( desculpe me os pobres animais).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s