Carraspana Campista

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Garoto de 14 anos cria moinho de vento para levar energia elétrica à sua família

Moinho foi criado por William com sucata encontrada pela cidade. (Foto: Divulgação)

Morador do povoado de Kasungo, no Malawi, um jovem de apenas 14 anos decidiu ajudar sua família e comunidade. Sem eletricidade no local, William Kamkwamba decidiu construir com as próprias mãos um moinho de vento para gerar eletricidade, provando que força de vontade é a base para vencer qualquer desafio.

Em 2001 uma forte seca atingiu o país, deixando quase 10 mil mortos pela fome. Sem dinheiro para manter a colheita e alimentar seus sete filhos e esposa, o pai de William foi obrigado a tirar seu filho da escola para economizar. Diante disso, o jovem decidiu ir para a biblioteca da cidade e estudar por conta própria.

O jovem encontrou uma bateria de carro e conseguiu manter lâmpadas e rádios ligados. (Foto: Divulgação)

Ao se deparar com um livro em inglês especializado em energia sustentável, William, mesmo sem entender o idioma, se baseou nas figuras e nos diagramas para montar um moinho. Seguindo apenas instruções básicas, já que ele não possuia os recursos necessários para montar um igual ao da publicação, William encontrou pedaços de lixo pela rua e em moinhos, adaptando o projeto às suas necessidades.

Outros moinhos foram criados para aumentar a produção de energia. (Foto: Divulgação)

Após um tempo de funcionamento e gerando eletricidade somente para a sua casa, o jovem começou a chamar atenção de instituições e recebeu ajuda para promover melhorias no equipamento. A história chegou a um jornal local e rapidamente se espalhou, colocando o nome de William em palestras sobre desenvolvimento sustentável pelo mundo.

Sistema de bombeamento de água também foi levado para a comunidade. (Foto: Divulgação)

Com a ajuda da comunidade internacional, o jovem, então com 19 anos e estudante da African Leadership Academy, já havia criado até um sistema de bombeamento de água através da captação de energia solar ao lado dos novos moinhos de vento, auxiliando as colheitas do local. Formado em 2010 na instituição, se matriculou na Universidade de Dortmouth, nos Estados Unidos, onde estuda atualmente.
-yahoo notícias –

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s