EXCLUSIVO!

O indicado pré-candidato pelo Partido Verde à Presidência da República Eduardo Jorge concedeu, ontem, a entrevista abaixo ao Jornal Estado de São Paulo, que publicou partes.

Aqui, a entrevista na íntegra:

1.O PV pensa em ocupar o espaço que foi da Marina em 2010?

A votação de 2010 atendeu a circunstâncias políticas daquele ano. O eleitorado que votou no PV/Marina era muito heterogêneo. Descontentes com o PT ou o PSDB, ecologistas, religiosos evangélicos, ressentidos com a política em geral, esquerdistas  e mesmo conservadores atraídos pelo perfil da candidata, aliás ótima candidata, ótima pessoa, porém, como todos nós, não é só virtudes.
Dependendo do ângulo de visão, muita gente deixou de votar conosco, pois julgaram que bandeiras ligadas aos direitos humanos como as questões próprias das mulheres, das pessoas que querem legitimamente ter direito à livre orientação sexual, o enfrentamento da economia das drogas e do crime organizado, a reforma política, o desarmamento, o bem estar animal, a reforma tributária, questões internacionais, relação com a agricultura etc, não foram bem defendidas em 2010.
De toda forma, 2014 é outra eleição. Não vamos olhar para 2010 e sim para 2014.

2.Como é possível tratar de temas tão avançados como aborto e drogas num eleitorado tão conservador como o brasileiro ?

Estas questões são motivo de muito sofrimento nas pessoas e nas famílias. Nós vamos dar nossa opinião, como podemos apoiar melhor estes brasileiros que se defrontam com estes problemas. Não estamos interessados em saber se vamos ganhar ou perder votos. ‬‪

3. Se eleito, que projeto apresentará primeiro? Parlamentarismo?

Na área política sim, pois o presidencialismo imperial está apodrecendo a vida política e social do Brasil e isto é um perigo para nossa democracia.
Porém também teremos ações imediatas na área econômica, como uma reforma tributária para destravar nossas atividades econômicas, gerar empregos e aumentar nossa competitividade.
Na área social e ambiental, nossa urgência máxima será uma ação com metas de curto e longo prazo em conjunto com os municípios para evitar que os desastres climáticos continuem matando e desabrigando populações pobres em nossas cidades.

4.Como o PV fará para escapar da armadilha que é hoje o presidencialismo de coalizão ?

Enquanto não vem o parlamentarismo para avançar na nossa democracia  teremos que apresentar e debater, dentro das atuais normas constitucionais, um plano de governo no congresso eleito. O compromisso e participação no governo devem ser baseados em um programa comum e publicamente acertado entre as forças políticas que reflitam uma maioria que o povo mandou para compor o congresso nacional.
É claro que queremos manter um diálogo aberto permanente com os cidadãos em geral e vamos sentir com gosto a pressão da democracia participativa e direta, porém elas não substituem a democracia representativa .

5. O PV quer ser um contraponto a Marina/Dilma/Aécio ?
6. Vocês estão mais próximos de campos que dos demais candidatos ?

Marina não é candidata.
Se tudo der certo, será vice. Como nordestino conheço a estirpe dos Arraes. O candidato do PSB não vai aceitar tutela em troca de uma possível transfusão de votos. Eleitor não tem dono.
Vemos o PT, PSB e PSDB como partidos de uma mesma família política, socialista ou socialdemocrática. Com tinturas liberais todos  eles … O PV é uma nova corrente política que, em vários países, encarna novidades como a cultura de paz e o desenvolvimento sustentável. Ele faz uma critica tanto ao capitalismo quanto ao socialismo que, desprezando os limites ambientais, colocaram a humanidade no século XXl diante de uma crise econômica, social e ambiental sem precedentes.‬

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s